Futebol à Parte #3

Patrícia Rodrigues no JAC - Alcanena. DR
Patrícia Rodrigues é a "menina-prodígio" do andebol e vai para a Alemanha jogar na primeira divisão. O contrato com o clube HSG Blomberg pode ir até três épocas.



Com 17 anos, já recebeu convites de clubes de Espanha e Dinamarca, mas recusou por considerar ser “demasiado cedo”. Acaba de concluir o 12º ano e pensa ser “a altura ideal, sendo que na Alemanha vão ajudar-me a evoluir e a tornar-me uma melhor jogadora. Vou ter um contrato profissional e isso é o sonho de qualquer desportista”, refere a andebolista ao jornal regional O Mirante.


O interesse dos alemães surgiu após a terem visto jogar pela seleção portuguesa. Patrícia já está a aprender alemão e pretende também cursar Gestão numa universidade alemã.


Voltas trocadas

Queria jogar futebol mas aos seis anos começou a aprender andebol. “Num torneio de rua de futebol eu era a única rapariga mas quase que jogava melhor que os rapazes". O treinador do JAC (Juventude Amizade e Convívio - Alcanena), Marco Santos, viu o jogo e considerou "que se eu tinha jeito para o futebol também poderia ter jeito para o andebol. Falaram com os meus pais para eu experimentar, gostei e fiquei até hoje”, conta. 

Aos 14 anos estreou-se logo como titular na principal seleção lusa. “Toda a gente gosta de jogar no clube mas a seleção é a seleção”, salienta a "menina-prodígio". Com 15 anos Patrícia saltou da equipa juvenil para a sénior.

A sua precocidade e qualidade enquanto jogadora chamaram a atenção. Cedo começou a ser chamada de "menina-prodígio" do andebol português. A jovem atleta acha graça mas acrescenta: “não gosto de me achar superior a ninguém. Começaram a chamar-me isso desde cedo mas eu considero-me uma pessoa bastante humilde e nunca deixei que isso me subisse à cabeça. Porém, reconheço que tenho bastante valor e qualidade, senão não teria conseguido chegar à seleção tão cedo”, explica a atleta de Santarém.

Reconhecimento

A jovem jogadora é uma das melhores marcadoras do campeonato e estreou-se na seleção principal aos 14 anos. É a mais jovem de sempre a jogar na seleção A de andebol.


Lidera a lista das melhores marcadoras do campeonato. Enquanto titular no jogo em que a seleção nacional venceu a Turquia (38-36), jogou o tempo todo do encontro de qualificação para o Mundial 2013 e marcou cinco golos.

DR



Fontes de Informação
O Mirante | Site de Andebol | O Jogo | O Derbie | Andebol Feminino Portugal |
Sapo Desporto | Focus On | Visão |

2 comentários:

  1. É excelente ver os nossos atletas serem reconhecidos desta maneira!
    Beijinhos

    Ana Teresa Lontro
    umavidadelontra.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover